Ubrabio e MMA discutem ações sustentáveis

17/03/2017 - 17:42



O Brasil hoje recolhe apenas 2% do óleo de fritura usado. 98% é lançado nos esgotos, causando entupimentos e poluindo as águas. Esse óleo que vai, literalmente, pelo ralo, pode receber um destino nobre ao ser transformado em biodiesel.

A estruturação de um programa que estimule o recolhimento do óleo de cozinha usado foi um dos temas abordados pelo diretor superintendente da Ubrabio (União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene), Donizete Tokarski, durante audiência com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, e o secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental, Everton Frask Lucero, nesta quinta-feira (16).

A Ubrabio propôs ao MMA a elaboração de um programa de coleta de óleo residual para destinar à fabricação de biodiesel, incentivando a inclusão social e produtiva dos catadores, a exemplo do Selo Combustível Social que incentiva a aquisição de matéria-prima da agricultura familiar.

O ministro encaminhou a pauta ao secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano, Jair Vieira Tannus Junior, para viabilizar a implementação da proposta.

O Brasil é um dos maiores produtores e consumidores de biodiesel no mundo. Hoje, todo o diesel comercializado no país conta com 8% deste biocombustível, o chamado B8.

Tamanhos são os benefícios associados à sua produção e uso, que o Brasil incorporou o aumento da mistura obrigatória de biodiesel à NDC (metas e propostas para redução das emissões de gases de efeito estufa assumidas no Acordo de Paris).

Por Ubrabio

União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene - Ubrabio - Todos os direitos reservados

SCN Quadra 01 Bloco C - nº 85 - Sala 304, Edifício Brasília Trade Center - Brasília/DF

CEP.70711-902 - Telefone (61) 2104-4411 - E-mail: faleconosco@ubrabio.com.br

  • Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
  • Embrapa
  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
  • Ministério de Minas e Energia
  • Casa Civil
Redes sociais
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube
  • Twitter
Moringa Digital Clique e conheça